GEPE - Grupos de Entreajuda na Procura de Emprego

  • Registe-se!
    *
    *
    *
    *
    *
    Fields marked with an asterisk (*) are required.

 

Fundação Montepio Câmara Municipal de Lisboa IPAV

150 perguntas e respostas para entrevistas de emprego
05. Perguntas sobre a EMPRESA e o EMPREGO a que te candidatas
  • 028. Porque é que quer este emprego?

    Esta é uma das questões mais previsíveis e frequentes. Na resposta é preciso que demonstres conhecimento da empresa (lendo artigos, relatórios, publicidade, etc) e que faças a ligação entre essa informação e as razões porque te candidataste. Por exemplo, numa candidatura a uma média empresa de contabilidade, podes realçar a importância dessa dimensão média para:

    • A experiência que te vai permitir ter

    • As maiores oportunidades de promoção

    • O leque de clientes a que conseguirás chegar

    • A diversidade de relacionamentos e equipas de trabalho

    Podes vir a precisar de ser muito mais específico do que só comentar os efeitos da dimensão da empresa. Escolhe uma das características pelas quais os empregados se descrevem a si próprios nessa área de trabalho. Por exemplo, na literatura sobre empregabilidade na área da contabilidade é referido que não se procuram "imitadores". Neste caso podes pegar nesta característica e enumerar as tuas iniciativas criativas e inovadoras que vão de encontro ao que é pedido. Se na tua área não houver muita literatura de empregabilidade terás de procurar por ti essas características da profissão que podes alavancar em proveito próprio.

    Visitas: 13310
  • 030 O que é que o torna o candidato ideal a este emprego?

    Esta pergunta permite expor as tuas melhores qualidades e competências. Procura dar exemplos de situações profissionais onde as puseste em prática. Tem em conta os requisitos para o emprego em causa e relaciona-os com a tua personalidade, competências, habilidades e experiência. Onde houver uma forte relação entre uns e outros aí estão as tuas forças. E o empregador vai dar-se conta disso. Por exemplo, trabalho em equipa, competências interpessoais, capacidade de resolução de problemas, auto-confiança, originalidade, liderança, etc., podem ser tudo forças. Procura saber qual destas forças é mais importante para o emprego em causa e dá exemplos de situações da tua vida em que as tenhas posto em prática.

    Visitas: 11331
  • 031. O que sabe acerca da nossa organização?

    Antes da entrevista, é importante investigares acerca da empresa/instituição empregadora. Deves saber quais são os seus principais produtos e serviços. Que não te aconteça como o estudante que concorreu à Peugeot e quando lhe pediram para nomear um carro da marca ele respondeu: "Mondeo"!

    Procura o Gabinete de Inserção na Vida Activa (com este ou outro nome semelhante) da tua universidade ou escola e aí encontrarás informação sobre muitas empresas. Procura também na internet. Não tentes memorizar pormenores irrelevantes. Foca-te em pontos-chave, tais como:

    • Volume de negócios da empresa

    • Número de empregados

    • Cobertura mediática recente

    • Actividades chave que mais te interessam na empresa.

    Visitas: 7601
  • 032. Onde é que se vê daqui a cinco anos?

    Evita respostas vagas e gerais como "Espero crescer com a responsabilidade que me é dada e desenvolver o mais possível as minhas competências" ou "Espero estar como gestor da área da minha responsabilidade". Esta pergunta permite-te demonstrar que investigaste as progressões de carreira dentro da organização e, por isso, tenta ser específico. Isso não quer dizer que fiques logo "atado" a um tipo de carreira, mas é importante dizeres para onde gostarias de ir. Investiga as carreiras de outros empregados da organização e também os passos para progredir dentro de organismos profissionais (que têm metas claras para as várias etapas de profissões como: contabilista, marketing, recursos humanos, ensino, etc)

    Visitas: 9792
  • 033. Para que outras empresas é que se está a candidatar?

    Aqui está a ser pedido que demonstres a consistência dos teus objectivos profissionais, assim como o interesse real que tens pelo emprego a que te candidatas. Se te estás a candidatar a uma grande empresa de contabilidade, é esperado que te candidates a todas as outras do mesmo tipo. O que podes dizer, em teu benefício, é que a presente candidatura é a tua primeira escolha! Podes dizer que vais ainda candidatar-te a outras empresas do mesmo género e referir se há candidaturas emergentes que pedem uma resposta breve. Dá exemplos que sejam:

    • Relevantes – relacionados com a área em que estás a ser entrevistado

    • Prestigiados – em empresas e com pessoas de prestígio

    • Consistentes – que não sejam de áreas de emprego e de interesse diferentes

    • De menos interesse para ti do que a presente oportunidade

    • De sucesso até agora. Não digas as empresas que te rejeitaram.

    Visitas: 6389
  • 034. Quais são as suas expectativas salariais?

    "Um ordenado alto porque sou certamente o melhor candidato!". Esta resposta demonstra confiança mas pode ser interpretada como arrogante.

    "O ordenado não é muito importante para mim". Esta pode sugerir falta de ambição. É uma resposta possível nas áreas profissionais do cuidado, como assistentes sociais. Mas não é uma boa resposta em carreiras em que o salário é a principal recompensa do trabalho, como é o caso da banca de investimento.

    "O salário no início de carreira é menos importante que a oportunidade de formação e crescimento profissional que oferece". Esta seria uma resposta sensata e aberta.

    Uma pergunta importante que podes fazer para complementar esta resposta diz respeito à actualização do salário dentro de um ano ou dois, quando estiveres plenamente integrado na missão da empresa. Perguntar isto revela vontade de compromisso com a empresa e noção do contributo efectivo que, com o tempo, podes vir a dar à empresa.

    Visitas: 9293
  • 035. Não lhe parece que é um pouco velho para este emprego?

    Esta é uma pergunta desagradável que não deveria ser feita. Os empregadores não deveriam descriminar ninguém por idade, sexo, etnias, etc. Podes recusar responder a esta pergunta se vires que há nela malícia e má fé. Considera bem se queres trabalhar para uma empresa assim! Se pelo contrário, sentires que não houve na pergunta má-fé, podes responder mencionando as vantagens da idade e da experiência como a maturidade e a confiança. Estas qualidades são especialmente valorizadas em profissões nas áreas do cuidado e do ensino. Candidatos mais maduros têm normalmente objectivos mais focados e, quando estão numa determinada carreira, é menos provável que queiram mudar para outra.

    Visitas: 6286