GEPE - Grupos de Entreajuda na Procura de Emprego

  • Registe-se!
    *
    *
    *
    *
    *
    Fields marked with an asterisk (*) are required.

 

Fundação Montepio Câmara Municipal de Lisboa IPAV

150 perguntas e respostas para entrevistas de emprego
02. Perguntas sobre a tua EDUCAÇÃO
  • 015. Porque escolheu a opção… no Ensino Secundário?

    Esta é uma pergunta cada vez mais irrelevante nos dias que correm, por isso a resposta deve ser honesta e directa. Aproveita também para realçar competências analíticas, numéricas e de comunicação.

    Visitas: 5206
  • 016. Porque escolheu a Universidade…?

    Sê honesto e consistente na tua resposta. É uma resposta à qual o entrevistador pode voltar no decorrer da entrevista. Uma resposta crítica e construtiva deve ser temperada com aspectos positivos. Podes ainda acrescentar:

    • Conselhos importantes que recebeste

    • Localização da Universidade

    • Disciplinas que fizeste e que podem ser mais relevantes para este emprego

    • Qualidade do Ensino e da Investigação

    • Reputação da Universidade e de alguns dos professores


    Visitas: 5730
  • 017. Que benefícios lhe trouxe a sua experiência académica?

    Aqui é bom seres específico. Não vale a pena dizeres que aprendeste muito, cresceste muito e outras generalidades. Isso até pode ser verdade mas o que interessa agora é dares ênfase aquelas competências requeridas para o emprego em causa, por exemplo: demonstrares que ao longo do curso aprendeste as competências de comunicação necessárias para esta função. Tenta sempre ir para além dos aspectos puramente académicos, realçando por exemplo que:

    • O curso desenvolveu a tua auto confiança
    • Permitiu-te identificar um objectivo profissional
    • Desenvolveste uma rede de contactos que permanece activa
    • Ganhaste gosto e capacidade para aprender sempre novas coisas
    • O curso aumentou o conhecimento de ti próprio e a capacidade de lidar com um leque de pessoas muito diferentes
    Visitas: 5984
  • 018. Como correram os seus estudos académicos em relação às expectativas que tinha?

    Se tiveres críticas a fazer ao teu curso e à tua universidade podes fazê-las sem receio mas tenta sempre manter uma atitude construtiva. Refere os passos que deste para superar as dificuldades que foram surgindo. Se correu tudo bem no curso, identifica o que aprendeste que possa ser útil para o emprego em causa. Realça também os programas que fizeste como o Erasmus ou projectos de voluntariado e estágios.

    Visitas: 4500
  • 019. Sente que os resultados académicos que teve são o justo reflexo das suas habilidades?

    Tenta responder sempre realçando aqueles aspectos que possam ser úteis para a candidatura específica em que estás envolvido.

    Se a entrega atempada de avaliações e relatórios foi uma constante no teu curso, procura relacionar isso com as exigências do ambiente de trabalho. Da mesma forma, relaciona os conceitos, princípios e formas de trabalhar que são experimentados na Universidade em aulas, seminários, laboratórios, sessões tutoriais, etc, com a capacidade de te adaptares às diversas exigências da função a que te candidatas. Há ainda outros aspectos a teres em conta:

    • Sê positivo

    • Dá exemplo de sucessos que tiveste ao longo do curso

    • Dá exemplos de aulas e projectos que mais te marcaram

    • Mostra que fizeste mais do que só estudar. Menciona clubes e actividades em que participaste.

    Visitas: 4113
  • 020. Que áreas de estudo foram mais interessantes no seu curso?

    Aqui o aspecto chave é mostrares entusiasmo e interesse genuíno pelas áreas de estudo que mais te interessam e que escolheste aprofundar. Demonstra que nessas áreas foste para além do que era pedido e que ainda te manténs a par dos seus desenvolvimentos. Gostas mesmo de falar sobre esses temas?

    As perguntas deste tipo raramente são aprofundadas tecnicamente mas talvez seja bom estares preparado para voltar a falar com algum detalhe sobre as áreas de que mais gostas. E com entusiasmo pois elas podem orientar o teu emprego e a tua carreira!

    Visitas: 4669
  • 021. Pode falar-me da sua dissertação/tese/projecto final?

    O entrevistador está aqui à procura de saber como escolheste o tema do projecto/dissertação/tese, como pegaste nele e o desenvolveste, o que tiraste dele e o que mais te agradou em todo esse processo. Talvez seja bom preparaste, relendo o teu relatório de fim de curso antes da entrevista. Talvez te perguntem uma justificação dos resultados.

    Se foi um projecto de grupo, talvez te perguntem acerca da tua integração na equipa de trabalho, que papel tiveste nela e como colaboraste com os teus colegas em especial nas alturas em que houve conflito. Se foi um projecto individual, podes falar da auto-disciplina necessária para trabalhar de forma independente e com pouca supervisão, procurando encontrar soluções e resolver problemas por ti próprio. Coloca ênfase em técnicas utilizadas que possam ser úteis para o emprego a que te candidatas.

    Visitas: 3933
  • 022. O que é que o faz pensar que um curso de… lhe pode conseguir um emprego nesta área de…?

    Uma pergunta desafiante. Para responderes, importa referires que o curso por si só não te garante emprego mas se lhe adicionarmos as competências que adquiriste, as actividade e experiências que realizaste e os interesses que aprofundaste ao longo do percurso académico, então sim já podes dizer que te sentes preparado para este emprego. São de realçar sempre as competências que no teu curso tenham mais a ver com as que são requeridas para o emprego em questão. Por exemplo, se tiraste um curso de psicologia podes afirmar que aprendeste competências como:

    • A compreensão do comportamento humano

    • O uso de modelos científicos

    • A capacidade de análise e de resolução de problemas

    • Lidar com estatísticas e números

    • Usar tecnologias de informação

    • Comunicar de forma escrita e oral

    Visitas: 4477